O Caso dos Exploradores de Cavernas

Dê Sua Opinião Sobre o Produto

Disponível: Em estoque

R$15,00

Quick Overview

Editora: Edijur
Autor: - Lon L. Fuller
Edição: 2ª
Ano: 2016
Páginas: 67
Medida: 12x18 cm - Brochura
Peso: 0.076  Kg
ISBN: 9788577540990

O Caso dos Exploradores de Cavernas

Mais Imagens

Detalhes

INTRODUÇÃO
 
A obra consiste no texto originalmente publicado na revista da faculdade de Direito de Harvard e trata-se de um estudo da argumentação jurídica elaborado pelo professor de Jurisprudence da Harvard Law School, Lon Fuller, em 1949.
Fuller estudou Economia e Direito em Stanford e atuou como professor de Teoria do Direito, iniciou suas atividades profissionais nas Faculdades de Direito de Oregon, Illinois e Duke , a partir de 1940, na Faculdade de Direito da Universidade de Harvard. Publicou estudos de direito civil, de filosofia e de teoria do direito.
Fuller foca as formas de aplicação de um sistema jurídico eficaz ,visando seu objetivo primordial que seria a melhor aplicação das regras instituídas resultando em menores danos e prejuízos oriundos da aplicação da lei e que alcancem melhor resultado.
Surgem questões atinentes a moralidade do Direito dentro de um sistema jurídico, sendo este o objetivo de Fuller ao propor tal ensaio jurídico.
O respeito pela moral interna do Direito vai encaminhar o ordenamento jurídico a determinadas normas externas de moralidade, vinculadas à ideia de justiça.
Assim,Fuller afirma que:
“a lei é um empreendimento que sujeita a conduta humana ao governo das normas.”
Fuller, ao realizar o ensaio “O caso dos exploradores de caverna” inspirou-se em dois casos reais: Regina v. Dudley & Stephens (1884) e U.S. v. Holmes (1842) . Os dois casos referem-se a naufrágios em alto mar e o local do acontecimento foram os botes salva-vidas, onde os sobreviventes se envolveram em homicídios e posteriormente são levados à justiça. No caso U.S. v. Holmes (1842) os homicídios foram praticados para aliviar o peso do bote salva-vidas, ameaçado pela superlotação dos sobreviventes. No caso “Regina v. Dudley & Stephens”, os assassinatos foram praticados para obtenção de alimentos para os sobreviventes que morreriam pela fome.
Observamos um embate entre o Direito Natural (Jusnaturalismo) e o Direito Positivo (Juspositivismo).
Essa obra nos faz questionar a verdadeira razão de existir do Direito como Ciência.
“Todos os seres racionais estão, pois, submetidos a essa lei que ordena que cada um deles jamais se trate a si mesmo ou aos outros simplesmente como meios, mas sempre simultaneamente como fins em si.”
Immanuel Kant

Informação Adicional

Frete Grátis Não

Você pode também estar interessado nos seguintes produtos (s)

Do Contrato Social

Do Contrato Social

R$15,00
Discursos Penais  de Acusação

Discursos Penais de Acusação

R$30,00
O Príncipe

O Príncipe

R$15,00
A Arte da Guerra

A Arte da Guerra

R$15,00

Tags do Produto

Use espaços para separar as Tags. E aspas simples (') para frases.