Edijur
Product ID: 351
Product SKU: 351
New In stock />
Elementos do Júri

Elementos do Júri

Estoque: 96 Marca: EdijurDisponibilidade: Imediata

Na compra desse produto ganhe 49pontos

Por:
R$ 249,00

R$ 224,10 à vista com desconto Boleto - Yapay
ou 10x de R$ 29,86 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Editora: Edijur
Autor: Marco Alfredo Mejìa
Edição: 2ª
Ano: 2020
Páginas: 704
Medida: 16x23 cm - Capa dura
Peso: 1165 g
ISBN: 978-85-7754-214-7

 


A ideia de escrever um livro voltada para um instituto tão complexo como o Tribunal do Júri ocorreu justamente com estudantes e profissionais da área jurídica que gostariam de conhecer com detalhes como um advogado, promotor poderia sustentar com tranquilidade as teses numa tribuna dentro de uma retórica consistente. Dentro dessa visão, o presente livro tem por finalidade demonstrar que é possível qualquer pessoa atuar no plenário do Júri desde que siga certos elementos fundamentais. Para isso, no escrito apresenta um pouco da historia do júri, uma abordagem jurídica, analise jurisprudencial, estudos de quesitos, escolhas de tese, como postar o corpo e vos no plenário essas seguindo orientação clássica dos oradores gregos. Por fim, temos leves historias de júris realizados, fazendo com que o leitor viva um pouco do cenário da tribunal. Elementos do Júri vem demonstrar que nada há de impossível para a realização do plenário, bastando uma pitada de estudo neste livro, uma pitada de dedicação e uma grande porção de amor ao plenário, que certamente se agirá com plenitude a eloquência na tribuna do Júri com sucesso.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características



    SUMÁRIO 
     
     
    1 INTRODUÇÃO
         1.1 Antecedentes históricos do júri
     
    2 ELEMENTOS ESTRUTURAIS PARA A DEFESA EM PROCESSO DO JÚRI
     
    3 DOS CRIMES ADJUNTOS AO JÚRI E A POSIÇÃO NA DEFESA E ANÁLISE DO AGENTE ATIVO
     
    4 DAS ANÁLISES DO CONJUNTO PROBATÓRIO
         4.1 Subjetividade do corpo de jurados e testemunhas, vítimas, réu, pessoas do plenário
     
    5 REFLEXÕES SOBRE A LEI DO JÚRI
     
    6 A ESCOLHA DA TESE A SER USADA NO PLENÁRIO
         6.1 Debates no plenário do júri
         6.2 O representante da defesa falará sempre depois da acusação
     
    7 PROCESSOS DE COMPETÊNCIA DO TRIBUNAL DO JÚRI
     
    8 DA LEI ESPECIAL DO JÚRI: SUA INSTRUMENTALIDADE NA PRÁXIS PROCESSUAL
     
    9 OS APARTES
     
    10 ABANDONO DE PLENÁRIO
     
    11 O CRACK
     
    12 ESCOLAS PENAIS
     
    13 FEMINICÍDIO
     
    14 DO QUESTIONÁRIO
         14.1 Quesitos
         14.2 Da fadiga quanto à apregoação dos quesitos para os jurados
     
    15 CLAREZA E OBJETIVIDADE DOS QUESITOS
         15.1 Tentativa e homicídio
         15.2 Materialidade
         15.3 Do homicídio simples
         15.4 Do homicídio privilegiado
         15.5 Tentativa de homicídio qualificado
         15.6 Veneno
         15.7 Explosivo
         15.8 Do homicídio qualificado
     
    16 DA DESQUALIFICAÇÃO DO HOMICÍDIO QUALIFICADO PARA HOMICÍDIO CULPOSO
     
    17 HOMICÍDIO COM A TESE DE LEGÍTIMA DEFESA
     
    18 TESE DE LEGÍTIMA DEFESA PUTATIVA E LEGÍTIMA DEFESA POR EXCESSO DOLOSO OU CULPOSO
         18.1 Legítima defesa de terceiros
     
    19 DESCLASSIFICAÇÃO POR EXCESSO CULPOSO
     
    20 INFANTICÍDIO
     
    21 TENTATIVA DE INFANTICÍDIO
     
    22 HOMICÍDIO POR EMBRIAGUEZ
     
    23 INDUZIMENTO AO SUICÍDIO
     
    24 HOMICÍDIO
         24.1 Tese de participação de menor importância
     
    25 ARREPENDIMENTO EFICAZ
     
    26 DESISTÊNCIA VOLUNTÁRIA.
     
    27 ERRO NA EXECUÇÃO
     
    28 SEMI-IMPUTABILIDADE
     
    29 EMBRIAGUEZ NÃO COMPLETA
     
    30 GESTOS E POSTURAS DO CORPO
         30.1 Linguagem do júri
     
    31 DA VOZ E SUA ENTONAÇÃO NO PLENÁRIO
     
    32 CASUÍSTICA DO JÚRI
         32.1 Elementos essenciais para defesa e acusação do processo
         32.2 Local do crime
     
    33 DO MOVIMENTO DO CENÁRIO DO CRIME REALIZADO PELOS PARTICIPANTES
     
    34 DOS ESTUDOS DA TRAJETÓRIA DO PROJÉTIL E SUA ATUAÇÃO NO CORPO
     
    35 A NOVA LEI DO JUIZ DE GARANTIA NO PROCEDIMENTO DO JÚRI
     
     
    ANEXO I CASOS DE JÚRI 
     
    1 INOCÊNCIA PELO CELULAR
    2 DA INAUGURAÇÃO DO PLENÁRIO E ABSOLVIÇÃO
    3 GESTANTE SALVA MARIDO DA MORTE
    4 MAGIA NEGRA NO BANCO DOS RÉUS
    5 DON JUAN ACABA MORTO POR ANDAR COM MULHER CASADA
    6 VELHO AMOR QUASE ACABA EM MORTE
    7 OFICIAL DE JUSTIÇA HOMOSSEXUAL TENTA FAZER SEXO À FORÇA 
    8 CAPOU, FATIOU E CHOROU
    9 CABEÇA NO ESCRITÓRIO
    10 NA DEFESA DE SEU NETO
    11 QUANDO OS ESPECTADORES FALAM NA TRIBUNA
    12 MIRIM MATA DONO DE BOCA DE FUMO
    13 EVANGELISTA MATA COLEGA E COLOCA COBERTOR
    14 O PROMOTOR QUE LATIU
    15 TRÊS DIAS SEM DORMIR.
    16 ACIDENTE DE TRÂNSITO VIRA HOMICÍDIO DOLOSO
    17 DEFENDEU SOBRINHA DE ABUSO SEXUAL, MA SE DEU MAL
    18 NENÊ É INOCENTE
    19 NINGUÉM VIU NADA
    20 MORTE PELA CLAVA
    21 ESTREIA EM PLENÁRIO
    22 FILANTROPIA ABSOLVE
    23 O PRIMEIRO JÚRI E A PALAVRA CASSADA A GENTE NUNCA ESQUECE
    24 COMARCA SEM ABSOLVIÇÃO
    25 MATOU O IRMÃO E BEBEU A CERVEJA
    26 VÍTIMA NO PLENÁRIO CONTRA TODA E QUALQUER PERÍCIA
    27 QUANDO O SILÊNCIO NÃO É RESPEITADO SOBRE A CONDENAÇÃO
    28 OLHOS AZUIS DA JUÍZA
    29 QUANDO O SANTO É CULPADO
    JURISPRUDÊNCIAS
    BIBLIOGRAFIA