Atualizando informações ...

A Leitura ao Direito dos Adicionais de Insalubridade e Periculosidade na Atual Conjuntura

Ref: 978658793540
Marca: EDIJUR EDITORA
Disponibilidade: Imediata

Por:
R$ 175,00

R$ 166,25 à vista com desconto Pix - Vindi
ou 6x de R$ 29,17 Sem juros Cartão Elo - Vindi
Na compra desse produto ganhe 35 pontos
/ 14
* Aqui sua compra é 100% segura, compre com tranquilidade.
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Descrição Geral
Editora: EDIJUR
Autor: Wagner Oliveira e Eudes Oliveira Jr.
Edição: 
Ano: 2023
Páginas: 336
Medida: 16x23 cm - Brochura
Peso: 500g
ISBN: 9786587935409
 

Notória tem sido a grande procura pela presente obra, a qual nesta edição se expressa em linguagem clara e objetiva, através de normas atualizadas, vez que a matéria é complexa, exigindo um ininterrupto acompanhamento das alterações processuais, para que não prejudique o DIREITO do cidadão; sob a vigilância contínua acerca dos princípios básicos do nosso ordenamento jurídico, trata-se, assim, de uma obra indispensável a todos os ramos do Direito, inclusive nos meios universitários.

Verifica-se que no mundo do DIREITO, o percentual daqueles que conhecem os aspectos fundamentais sobre a Leitura da Insalubridade e Periculosidade sob os princípios da Carta Magna é ínfimo, contendo um vasto universo inexplorado, inclusive, contraditórios, pois a leitura é da referida LEI anterior à nossa Constituição Federal de 1988, que a faz com uma instrução concreta e atual, o que certamente convergirá ao aperfeiçoamento das instituições jurídicas pátrias e a evolução social, que são considerados os mais variados setores econômico-sociais e do Estado Brasileiro como um todo.

Este tomo é rico por atender os que pretendem obter um conhecimento sistematizado das questões abordadas, como àqueles que buscam a compreensão dos mais significativos e atuais temas jurídicos da Insalubridade e Periculosidade, essenciais ao exercício da cidadania completa e justa, em que servirá como fonte de consulta destinada aos Magistrados, Ministério Público, Defensores Públicos, Advogados, Administradores de Recursos Humanos e estudiosos da área previdenciária, ampliado com modelos de despacho e sentença de casos concretos que vêm se alargando nos Tribunais desta nação; pelos múltiplos enfoques dados nesta ferramenta de consulta contínua, que desperta cada vez mais o interesse dos profissionais, por ser uma matéria em que espelha a inquietação, o questionamento, a desacomodação, a agitação, características daqueles que vivenciam o Direito.

Com a chegada do Século XXI, denota-se uma grande mudança quanto ao domínio tecnológico com avanço no comportamento social, em que vem exigiu e exige de nossos legisladores uma dinâmica maior, com a sincronização dos trabalhos de nossos juristas e doutrinadores, para a ampliação do saber jurídico no Direito Trabalhista, portanto, injusto seria deixar de consultar as fontes diversas para a atualização desta obra, pois foram com a participação dos colaboradores que brotaram os modelos variados de peças e, sobretudo, enriquecendo-a a cada edição o seu conteúdo, com uma finalidade única: Facilitar a consulta dos usuários do Direito do Trabalho.

Afinal, obra a apontar caminhos seguros aos profissionais do Direito do Trabalho e Previdenciário, um verdadeiro curso prático para solucionar eventuais imprecisões, servindo como auxílio à todos que precisem de direção para a solução de tão respeitável disciplina, seja na esfera judicial, seja na extrajudicial, elucidada pela melhor Doutrina e Jurisprudência, bem como apresentando normas atualizadíssimas acrescidas das súmulas previdenciárias de nossos Tribunais, inclusive, no que se trata ao recente posicionamento de nossas Cortes Superiores, considerando que a matéria encontra-se recepcionada pela CF, uma vez que seu artigo 7º tutela a respeito da adoção de medidas que diminuam a nocividade do meio ambiente de trabalho e o seu inciso XXIII abrange apenas o adicional de remuneração, não contrariando a CLT, porque, esse não veda expressamente a cumulação dos adicionais de insalubridade e periculosidade, estando sob a ótica da norma vigente.

Formas de Pagamento
Avaliações
Sumário

1. Origem do Direito do Trabalho no Mundo

1.1. A Evolução do Direito Previdenciário no Mundo

 

2. Origem do Direito do Trabalho no Brasil

2.1. A Evolução do Direito Previdenciário no Brasil

 

3. O Nascedouro e a Evolução Histórica da Insalubridade e Periculosidade

3.1. Insalubridade

3.1.1. Do valor do Adicional de Insalubridade a ser aplicado na Folha de Pagamento

3.1.2. Da Reforma Trabalhista

3.1.3. Do Laudo de Insalubridade

3.2. Periculosidade

3.2.1. Do valor do Adicional de Periculosidade a ser aplicado na Folha de Pagamento

3.2.2. Da Reforma Trabalhista

3.2.3. Do Laudo de Periculosidade

3.2.4. Do Adicional de Periculosidade não devido ao empregado tripulante que permanece a bordo durante o abastecimento da aeronave e seus embates

3.3. Como funciona para fins de Aposentadoria, quando da percepção dos Adicionais de Periculosidade e Insalubridade

3.4. Das Lacunas Ontológicas e Axiológicas

 

4. Os Adicionais de Insalubridade e Periculosidade na Constituição de 1988

4.1. Constituição Federal

4.2. CLT - Consolidação das Leis do Trabalho

4.3. Súmula Vinculante nº 04 do STF – Supremo Tribunal Federal

4.4. As Convenções 148, 155 e 161 da OIT - Organização Internacional do Trabalho

4.4.1. A Convenção 148 da OIT

4.4.2. A Convenção 155 da OIT

4.4.3. A Convenção 161 da OIT

4.4.4. O Decreto nº 10.088 de 05/11/2019 e as Convenções da OIT

4.5. Orientações Jurisprudenciais do TST - Tribunal Superior do Trabalho

4.5.1. OJ nº 385 da Subseção I - Especializada em Dissídios Individuais - SBDI I

4.5.2. Dos Adicionais de Insalubridade e Periculosidade na Lei nº 8.112, de 11/12/1990

4.5.3 Insalubridade e Periculosidade na Lei Nº 8.112/90 e Lei Nº 8.270/91

 

5. A constitucionalidade dos Tratados Internacionais no ordenamento jurídico brasileiro

5.1. Tratados e Convenções Internacionais sobre Direitos Humanos são equivalentes às Emendas Constitucionais

5.2. Tratados e Convenções Internacionais sobre Direitos Humanos são equivalentes às Leis Ordinárias

5.3. Tratamento de Insalubridade e a Periculosidade em outros países

 

6. Da cumulação dos Adicionais de Insalubridade e Periculosidade com a Constituição de 1988

 

7. A Aposentadoria Especial e os Adicionais de Insalubridade e Periculosidade

7.1. Da Conversão do Tempo Especial em Tempo Comum

7.2. A Aposentadoria Especial anterior à Reforma Previdenciária (EC nº 103/2019)

7.3. A Regra de Transição da Aposentadoria Especial com a Reforma Previdenciária (EC nº 103/2019)

7.4. A Regra Permanente da Aposentadoria Especial com a Reforma Previdenciária (EC nº 103/2019)

7.5. Da aplicabilidade do tempus regit actum na percepção da Aposentadoria Especial

7.6. A evolução histórica da Aposentadoria Especial

7.7. O PPP - Perfil Profissiográfico Previdenciário e o LTCAT - Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho e suas diferenças

7.8. Da Aposentadoria Especial de Contribuinte Individual

 

8. Posicionamentos Contrários à Cumulatividade

 

9. O Direito à Aposentadoria Especial e a sua Vedação em continuar laborando em Atividades Especiais

9.1. Da INCONSTITUCIONALIDADE do § 8º do Artigo 57, da Lei nº 8.213/1991

9.2. Da CONSTITUCIONALIDADE do § 8º do Artigo 57, da Lei nº 8.213/91

9.3. Do julgamento do Tema 709 no Recurso Extraordinário nº 791.961 junto ao STF – Supremo Tribunal Federal e suas consequências

9.4. Das Regras da Aposentadoria Especial pelo Direito Adquirido

9.5. Da distinção da fundamentação no julgamento do RE nº 791.961

9.5.1. Da Constitucionalidade do § 8º do Artigo 57, da Lei nº 8.213/91 no RE nº 791.961

9.5.2. Da Inconstitucionalidade do § 8º do Artigo 57, da Lei nº 8.213/91 no RE nº 791.961

9.5.3. Da Possibilidade da Superação do Precedente Jurisprudencial

 

10. Das Regras com o nascedouro da Pandemia do COVID-19 e suas consequências

10.1. A Evolução da Pandemia de COVID-19 no Mundo

10.2. Organização Mundial de Saúde declara Pandemia do novo Coronavírus e seus reflexos

10.3 Impacto Econômico dos Efeitos da Pandemia do COVID-19 no Brasil e no Mundo

10.4 A Percepção da Insalubridade aos Profissionais da Área da Saúde Frente aos Efeitos da Pandemia do COVID -19

 

11. Dos Crimes Previdenciários e suas consequências

11.1. APROPRIAÇÃO INDÉBITA PREVIDENCIÁRIA (art. 168-A, CP)

11.1.1. Bem Jurídico tutelado

11.1.2. Objeto Material

11.1.3. Núcleo do Tipo

1.1.3.1. Da Norma Penal em Branco Homogênea

11.1.4. Sujeito Ativo

11.1.5. Sujeito Passivo

11.1.6. Do Elemento Subjetivo

11.1.7. Consumação e Tentativa

11.1.8. Competência

11.1.9. Classificação do Crime

11.1.10. Figuras Equiparadas

11.1.11. Da Extinção da Punibilidade e Perdão Judicial

11.1.12. Princípio da Insignificância

11.1.13. Ação Penal

11.1.14. Lei nº 9.099/95 (Juizado Especial Criminal)

11.1.15. Acordo de Não-Persecução Penal (ANPP)

11.1.16. Notitia Criminis

11.1.17. PGR ajuíza no STF, ADI nº 4980, para suspender a eficácia do artigo 83 da Lei nº 9.430/1996

11.2. INSERÇÃO DE DADOS FALSOS EM SISTEMA DE INFORMAÇÕES (art. 313-A, CP)

11.2.1 Bem Jurídico Tutelado e Objeto Material

11.2.2 Núcleo do Tipo

11.2.3 Sujeito Ativo

11.2.4 Sujeito Passivo

1.2.5 Elemento Subjetivo

11.2.6 Consumação e Tentativa

11.2.7 Competência

11.2.8 Classificação do Crime

11.2.9 Crime de “Peculato Eletrônico” x Crime de Corrupção Ativa

11.2.10 Ação Penal

10.2.11 Acordo de Não Persecução Penal (ANPP)

11.3. MODIFICAÇÃO OU ALTERAÇÃO NÃO AUTORIZADA DE SISTEMA DE INFORMAÇÕES (art. 313-B, CP) .. 259 11.3.1 Bem Jurídico Tutelado e Objeto Material

11.3.2 Núcleo do Tipo

11.3.3 Sujeito Ativo

11.3.4 Sujeito Passivo

11.3.5 Elemento Subjetivo

11.3.6 Consumação e Tentativa

11.3.7 Competência

11.3.8 Ação Penal

11.3.9 Classificação do Crime

11.3.10 Lei Nº 9.099/95 (Juizado Especial Criminal)

11.4. SONEGAÇÃO DE CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA (art. 337-A, CP)

11.4.1 Bem Jurídico Tutelado e Objeto Material

11.4.2 Núcleo do Tipo

11.4.3 Sujeito Ativo

11.4.4 Sujeito Passivo

11.4.5 Elemento Subjetivo

11.4.6 Consumação e Tentativa

11.4.7 Competência

11.4.8 Ação Penal

11.4.9 Classificação do Crime

11.4.10 Lei Nº 9.099/95 (Juizado Especial Criminal)

11.4.11 Acordo de Não Persecução Penal (ANPP)

11.5. DIVULGAÇÃO DE SIGILO FUNCIONAL DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES (art. 153, § 1º-A, CP)

11.5.1 Bem Jurídico Tutelado e Objeto Material

11.5.2 Núcleo do Tipo

11.5.3 Sujeito Ativo

11.5.4 Sujeito Passivo

11.5.5 Elemento Subjetivo

11.5.6 Consumação e Tentativa

11.5.7 Competência

11.5.8 Normal Penal em Branco Homogênea

11.5.9 Ação Penal

11.5.10 Lei Nº 9.099/95 (Juizado Especial Criminal)

11.5.11 Acordo de Não Persecução Penal (ANPP)

11.6. FALSIFICAÇÃO DO SELO OU SINAL PÚBLICO (art. 296, § 1º, inciso III, CP)

11.6.1 Bem Jurídico Tutelado e Objeto Material

11.6.2 Núcleo do Tipo

11.6.3 Sujeito Ativo

11.6.4 Sujeito Passivo

11.6.5 Elemento Subjetivo

11.6.6 Consumação e Tentativa

11.6.7 Competência

11.6.8 Classificação do Crime

11.6.9 Ação Penal

11.6.10 Lei Nº 9.099/95 (Juizado Especial Criminal)

11.6.11 Acordo de Não Persecução Penal (ANPP)

11.7. FALSIFICAÇÃO DE DOCUMENTO PÚBLICO (art. 297, §§ 3º e 4º, CP)

11.7.1 Bem Jurídico Tutelado e Objeto Material

11.7.2 Núcleo do Tipo

11.7.3 Sujeito Ativo

11.7.4 Sujeito Passivo

11.7.5 Elemento Subjetivo

11.7.6 Consumação e Tentativa

11.7.7 Competência

11.7.8 Classificação do Crime

11.7.9 Ação Penal

11.7.10 Lei Nº 9.099/95 (Juizado Especial Criminal)

11.7.11 Acordo de Não Persecução Penal (ANPP)

11.7.12 Distinção com o Artigo. 304 do CP (Uso de Documento Falso)

11.8. VIOLAÇÃO DE SIGILO FUNCIONAL (art. 325, §§ 1º e 2º)

11.8.1 Bem Jurídico Tutelado e Objeto Material

11.8.2 Núcleo do Tipo

11.8.3 Sujeito Ativo

11.8.4 Sujeito Passivo

11.8.5 Elemento Subjetivo

11.8.6 Consumação e Tentativa

11.8.7 Competência

11.8.8 Classificação do Crime

11.8.9 Ação Penal

11.8.10 Lei Nº 9.099/95 (Juizado Especial Criminal)

11.8.11 Figuras Equiparadas

11.9. FUNÇÃO DE FUNCIONÁRIO PÚBLICO COM AUMENTO DA PENA (art. 327, § 1º)

11.10. ESTELIONATO PREVIDENCIÁRIO (art. 171, § 3º, CP cc Súmula 24 do STJ- Superior Tribunal de Justiça)

11.10.1 Características

11.10.2 Conduta Típica

11.10.3 Princípio da Insignificância

11.10.4 Extinção da Punibilidade

11.10.5 Classificação do Crime

 

12. Síntese

 

13. Julgados

 

Bibliografia

 

Índice Alfabético Remissivo

Produtos visualizados

Carregando ...