Atualizando informações ...

O Advogado de Cristo

Marca: EDIJUR
Disponibilidade: Imediata

Por:
R$ 97,00

R$ 92,15 à vista com desconto Pix - Vindi
ou 6x de R$ 16,17 Sem juros Cartão Elo - Vindi
Na compra desse produto ganhe 19 pontos
/ 48
* Aqui sua compra é 100% segura, compre com tranquilidade.
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Descrição Geral

EDITORA: EDIJUR

AUTOR: JOSÉ AUGUSTO NETO

PÁGINAS: 224

ANO: 2024

TAMANHO: 14x21cm

PESO: 300G

 

Vemos O Advogado de Cristo como uma importante peça literária que trata do plano malicioso contra Jesus, que ocorreu numa época da vida pública do Nazareno, portanto, um tempo em que muitos grupos religiosos e partidos políticos se sentiam incomodados com a presença do Divino Mestre. Verifica-se que o Autor centra a sua “defesa” em função da doutrina democrática e solidária que Jesus fazia com os humildes, marginalizados, pecadores, prostitutas, doentes, cegos, aleijados, etc. Com esta visão sociopolítica e “jurídica”, o Autor verifica que os adversários de Jesus idealizaram um plano pra flagrá-lo em contradição. Dentre as várias circunstâncias atenuantes, o Autor leva para a “defesa” de Jesus as ações vergonhosas dos espiões dos fariseus que se disfarçavam em homens de bem para acompanhar Jesus em delito. Destarte, verificou o Autor que todos atentaram contra a privacidade do Nazareno. Ainda, verifica o Autor que os “herodianos, escribas e fariseus” daquele tempo se repetem nos nossos dias, com planos e projetos, que agridem os “Cristos” atuais, que são o Povo Brasileiro.

Formas de Pagamento
Sumário

Sumário

Apresentação

DO TÍTULO

PREFÁCIO 1 - Dra. Maria Marleide Maciel Mendes Queiroz

PREFÁCIO 2 - Rinaldo Bezerra da Silva

PREFÁCIO 3 - Dimas Macedo

A DEFESA DO NAZARENO

1.1 Em Preliminar

1.2 Do Meritum Cause

Importante analisar

O NAZARENO PERANTE AS AUTORIDADES ROMANAS

JESUS DIANTE DE PILATOS PELA SEGUNDA VEZ 

1.3 Da Sentença

1.3.1 Primeira Acusação

A Promoção de tumultos por toda a Judeia, por dizer que era filho de Deus e Rei de Israel

1.3.2 A Segunda Acusação

Alegativa da ameaça à ruína de Jerusalém e à destruição do Templo

1.3.3 Terceira Acusação 

Negar Tributo a César

1.3.4 Quarta Acusação

Ter atrevimento de entrar em Jerusalém, aclamado por uma multidão, provocando tumulto

1.3.5 Aspectos Ilegais à Época de Cristo

1.3.6 Outras Considerações

1.4 Das Testemunhas

1.4.1 Testemunhas de Acusação

1.4.2 Testemunhas de Defesa

ANDRÉ 

BARTOLOMEU (NATANAEL)

TIAGO, FILHO DE ALFEU

TIAGO, FILHO DE ZEBEDEU

JOÃO, FILHO DE ZEBEDEU 

JUDAS (NÃO O ISCARIOTES), também conhecido como JUDAS TADEU

MATEUS

FILIPE

SIMÃO PEDRO

SIMÃO ZELOTE 

TOMÉ

JUDAS ISCARIOTES 

POR QUE JUDAS TRAIU JESUS?

Primeira Hipótese

Segunda Hipótese

Terceira Hipótese

Como se deu o destino de Judas?

MATIAS, O DÉCIMO TERCEIRO APÓSTOLO

PERSONAGENS MARCANTES

MARIA MADALENA

Maria, a Mãe de Jesus

José de Arimateia

José, pai de Jesus

Cláudia Prócula, mulher de Pilatos, tentou impedir o marido de ser cúmplice da morte de Jesus

1.5 Do Apelante(Jesus)

Quem era Jesus Cristo segundo os historiadores Flávio Josefo e TÁCITO?

Quem era Jesus Cristo? 

DETALHES DO NASCIMENTO 

DETALHE SOBRE A VIDA OCULTA DE JESUS

Tudo é um grande mistério!

CRISTO E O DOMÍNIO DA MECÂNICA CELESTE

EXPLIQUEMOS COM CLAREZA

A FAMÍLIA DE JESUS

A TEORIA DE TALPIOT

1.5.1 Das Ações do Apelante, Jesus Cristo

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO, UM DOS SEUS MELHORES AMIGOS

O Milagre da ressurreição ocorreu! 

DO SERMÃO DA MONTANHA 

1.5.2 Momentos antes de sua prisão, a agonia no Getsêmani

O SOFRIMENTO CONTINUA 

A RESSURREIÇÃO DO APELANTE 

O MILAGRE DA RESSURREIÇÃO

O SUDÁRIO DE TURIM

31 PESSOAS QUE PRESENCIARAM O JULGAMENTO DE JESUS

1.6 Da Fundamentação Jurídica

PRELIMINARMENTE I

Supremo Tribunal Federal

PRELIMINARMENTE II

DA ILEGALIDADE DA SUA PRISÃO - HOUVE PRISÃO EM FLAGRANTE?

HAVIA ELEMENTOS PARA UMA PRISÃO TEMPORÁRIA?

MERITUM CAUSE 

O PESO DA DÚVIDA 

1.7 Do Interrogatório de Jesus Cristo

1.7.1 Do Silêncio do Acusado

1.7.2 Da Ausência do Defensor

1.7.3 Da Confissão de Jesus Cristo

1.7.4 Da Confissão

1.8 Da Certeza da Prova

1.9 Do Requerimento

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

VOCÊ SABIA?

Produtos visualizados

Carregando ...